| Associação Académica de Coimbra

O balanço da visita técnica da Comitiva da Associação Europeia do Desporto Universitário (EUSA) não poderia ser mais positivo para a Associação Académica de Coimbra (AAC). Durante seis dias, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer a cidade de Coimbra, o seu funcionamento, as suas infraestruturas e as entidades que suportam a candidatura aos Jogos Europeus Universitários (EUG) 2018, assim como as cidades parceiras deste evento, Montemor-o-Velho e Figueira da Foz.

Relativamente à parte técnica da visita, a AAC está confiante de que foram cumpridos todos os requisitos para receber este evento. No entanto, algumas infraestruturas, nomeadamente o Estádio Universitário de Coimbra, necessitam de intervenções urgentes até 2018. Neste aspeto, a garantia por parte das entidades locais, regionais e nacionais de que tais intervenções vão acontecer, reforçou a confiança da EUSA na candidatura de Coimbra e convenceu o comité visitante de que os Jogos de 2018 serão o estímulo essencial para a efetivação das obras de requalificação.

Já na parte política, o sucesso foi evidente. A EUSA teve a oportunidade de reunir com o comité de candidatura (AAC, Universidade de Coimbra e Câmara Municipal de Coimbra), onde foram dadas todas as garantias e apoios para a realização do evento. Para além do Comité Olímpico e Paralímpico, dos Presidentes das Câmaras da Figueira da Foz e de Montemor-o-Velho, a EUSA esteve ainda reunida com o Primeiro-Ministro português, Pedro Passos Coelho, com o Ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares e com o Secretário de Estado do Desporto e Juventude. O Governo expressou todo o apoio à candidatura Coimbrã, revelando a importância do desporto universitário e do evento para Portugal e deu garantias de apoio para a reabilitação do Estádio Universitário.

O comité de candidatura está plenamente confiante na conquista dos EUG 2018, não apenas pelo descrito acima, mas porque sabe que Coimbra é um local único no mundo para a realização de eventos universitários. Sendo esta a segunda vez que a AAC, UC e CMC concorrem, desta vez com uma candidatura mais sólida, mais ambiciosa e ainda mais suportada pelas autoridades do país, os candidatos estão certos que, no dia 5 de abril, os 13 membros do Comité Executivo da EUSA não terão dúvidas em escolher a cidade de Coimbra como local para os EUG2018, na Assembleia Geral que vai decorrer na Turquia.