| Associação Académica de Coimbra

O “Banco de Manuais” é o mais recente projecto com a assinatura do Núcleo de Estudantes de Direito da Associação Académica de Coimbra (NED/AAC). Trata-se de uma iniciativa inserida no âmbito da Acção Social à qual o núcleo representativo dos estudantes da FDUC não quis ficar indiferente.

Esta iniciativa consiste num espólio de Manuais jurídicos (constantes da bibliografia do curso de Direito) que serão cedidos a título de empréstimo. O procedimento de requisição beneficiará, numa primeira fase, que decorrerá já em Março, os estudantes bolseiros ou em situações análogas, permitindo que isso não constitua um obstáculo no seu percurso académico e, acima de tudo, que as desigualdades económicas não afectem a sua aprendizagem. Numa fase subsequente a requisição poderá ser aberta aos demais estudantes.

Em total conhecimento daquela que é a realidade da sociedade actual mas, acima de tudo, daquela que é a realidade dos seus representados, o NED/AAC pretende com esta acção atenuar as disparidades que poderão existir, convicto de que esta ajuda compreenderá um grande alívio no orçamento do estudante e uma mais-valia para o seu sucesso.

Esta ideia que agora se materializou num projecto bem estruturado e promissor mereceu a admiração de várias entidades que se mostraram imediatamente cooperantes. Desde logo a Direcção da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e os Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra que aplaudiram o projecto e ofereceram apoio para a sua concretização e bom funcionamento. Destacamos o apoio da Coimbra Editora que ao abrigo de um protocolo celebrado com o NED/AAC se predispôs a facultar exemplares de manuais constantes da bibliografia obrigatória do curso de Direito. O NED/AAC solicitou ainda a colaboração de docentes, estudantes e ex-estudantes da FDUC no sentido de obter mais manuais, aumentando a abrangência da iniciativa e permitindo uma correspondência entre a oferta e a procura.

Assim sendo, o NED/AAC orgulha-se de apresentar este projecto de pertinência e adequação peremptórias junto da comunidade estudantil, seguro de que este significará uma significativa ajuda para aqueles que dela necessitam, dando um passo importante na acção social que é um deve ser um dos grandes pilares dos núcleos representativos.