| Associação Académica de Coimbra

A Associação Académica de Coimbra vem por este meio informar das primeiras alterações ao Regulamento de Atribuição de Bolsas, manifestando a sua satisfação pelo aumento do limiar de elegibilidade para 16 vezes o Indexante de Apoios Sociais (IAS), em detrimento dos atuais 14 vezes o IAS, podendo abranger mais três milhares de estudantes. Além disso, salientamos a atribuição em onze meses do complemento de alojamento aos bolseiros deslocados, elevando os atuais dez meses, e a introdução de um dia fixo do mês para ocorrer o pagamento das bolsas de estudo.

Estas mudanças aconteceram após todo o processo de discussão entre Estudantes e o Ministério da Educação e Ciência, tendo a AAC participado ativamente através de diversas propostas de melhoramento do atual Regulamento de Bolsas. A revisão, praticamente terminada, concede importantes modificações, no entanto, a AAC aponta ainda um longo caminho de progressão nesta área uma vez que várias foram as propostas colocadas de parte, tais como a redução do aproveitamento escolar para os 50%, a contabilização dos rendimentos líquidos em oposição à contabilização dos rendimentos ilíquidos dos agregados familiares e a continuação das majorações atualmente existentes para grupos familiares mais desfavorecidos e com situações mais deficitárias.

Por isso mesmo, a AAC reunirá em breve com o Governo de Portugal para propor mais mudanças ao atual Regulamento, continuando a lutar por uma Ação Social mais justa e inclusiva. Assim, a AAC pretende encerrar este processo de revisão, para que no próximo ano letivo as comunidades estudantis estejam completamente adaptadas a uma nova realidade, um caminho renovado em direção à plena justiça do sistema de proteção dos mais carenciados.

E este caminho, por mais vitórias que existam, nunca estará terminado enquanto perdurarem desigualdades.

10918948_913877625337789_6457394081576074790_o